menu
Topo
Luiza Sahd

Luiza Sahd

Categorias

Histórico

Caso 'peito da Marquezine': quem quis apoiar a atriz acabou atrapalhando

Luiza Sahd

14/02/2018 11h39

Minha única promessa para 2018 foi a de parar de bater palma pra doido dançar, mas a internet não colabora. Eis que, no meio do Carnaval, Bruna Marquezine aparece com uma fantasia de seios parcialmente nus e um cara comenta isso aqui:

Daí em diante, a atividade de um desocupado online virou um barril de pólvora — como boa parte das polêmicas estúpidas da internet. Pena que a faísca fomos nós mesmos.

Todas as respostas pertinentes à insanidade do cara já foram dadas: esse peito não é feio (se fosse, também não seria da conta dele), peito natural não bate no queixo, provavelmente a Marquezine também não se interessaria pela beleza do comentarista que nem mostra a cara… e por aí vai.

Nisso tudo, o que intriga realmente é a multidão se dando o trabalho de discutir tamanha obviedade por vários dias. Por que será que as palavras de um doidão anônimo ganharam tanta repercussão?

De um lado, deve ter muita gente perturbada com o que as mulheres fazem com seus peitos; do outro — e mais triste ainda — uma legião dizendo "olha como sou boa pessoa, tô aqui defendendo os seios da Bruna Marquezine nas redes sociais!". O que une toda essa galera é a responsabilidade pelo boom de uma discussão que sequer deveria ter começado (além do incômodo para Bruna, exceto se ela tiver a sabedoria de dar gostosas risadas da histeria coletiva e surfar na polêmica).

Sobre a promessa de parar de bater palma pra doido dançar, venho tendo relativo sucesso na empreitada: reduzi drasticamente as discussões na internet com gente que não me importa sobre coisas que não importam para elas; bloqueei contatos inconvenientes; passei a praticar o terrorismo do silêncio e recomendo fortemente.

Podemos todos tentar, principalmente em relação a assuntos que, se ainda ganham relevância, deveriam perder. Experimente não falar de um peito nu quando quiser que ele seja encarado com naturalidade! Funciona bem melhor do que alardear sobre ele.

Sobre a autora

Luiza Sahd é jornalista, escritora e especialista em mídias digitais. Colaborou nas revistas Tpm, Superinteressante e Playboy, falando sobre comportamento, ciência, viagem, amor e sexo.O que realmente importa: já entrevistou Inri Cristo, já flertou com Bruno de Luca usando um abadá e, sob influência de Shakira, vive na Espanha há dois anos rebolando para viver da sua arte.

Sobre o blog

Um espaço seguro para a troca de experiências tão reais quanto bastidor de selfie ou conversa de comadres lavando a calçada da vila. Aqui, a dor da gente sai no jornal sim.